Notícias

Quinta-feira, 01 de Agosto de 2019, 07:55

Tamanho do texto A - A+

Sinop inicia fase de aferição de controladores de velocidade; entenda o processo

Por: Prefeitura Municipal

 

Pelo menos oito dos 16 dos dispositivos de gestão de trânsito voltados à coibir o excesso de velocidade por motoristas, avanço semafórico e parada sobre faixa de pedestres, instalados na região central de Sinop, já passaram pela fase de aferição e aprovação pelo Inmetro. Após emissão do laudo e certificado pelo órgão os instrumentos já estarão aptos a operarem na fase pedagógica de notificação. Até essa quarta-feira, 31/07, técnicos do Instituto e da Secretaria de Trânsito e Transporte Urbano (STU) já tinham percorrido as avenidas Júlio Campos com Jacarandás e Júlio Campos com Sibipirunas. Os testes vêm avançando, inclusive, pelas madrugadas.

Até o momento, nenhum dos itens está operando ou mesmo emitindo multas. Isso porque na estratégia implementada pela Secretaria Municipal são, pelo menos, três fases distintas a serem executadas: a 1ª consiste na instalação; a 2ª, na aferição dos equipamentos pelo Inmetro; a 3ª e última compreende o funcionamento dos aparelhos, durante 30 dias, sob caráter pedagógico e de alerta aos motoristas infratores.

Para atestar os equipamentos e assegurar que estão aptos e funcionando da forma correta, as máquinas são submetidas a testes comparativos com o veículo da fiscalização e, sendo aprovadas, recebem o lacre de certificação. São 10 medições realizadas, havendo a necessidade de coincidirem as velocidades registradas pelos aparelhos e o cronotacômetro instalado no carro do Inmetro. As informações vão para um relatório. Uma medição fora do padrão é suficiente para reprovar o aparelho e fazer com que seja submetido à manutenção pela empresa responsável.

A agenda prossegue na próxima semana, com novas aferições sendo realizadas, bem como a efetivação do lacre dos equipamentos. Uma vez lacrados, por exemplo, só com autorização do próprio Inmetro é que os equipamentos podem ser, novamente, abertos.

Desde que a Prefeitura de Sinop deu início à estratégia de implementação de uma série de medidas que visem à promoção de um trânsito mais seguro, um cronograma foi instituído para distribuir, em etapas, a instalação dos equipamentos. Neste primeiro momento, os dispositivos de gestão estão sendo dispostos em localidades centrais, a exemplo das vias Avenida das Sibipirunas com Avenida Júlio Campos, Avenida dos Jacarandás com Avenida Júlio Campos, Avenida Dom Henrique Froehlich com o Cemitério Municipal, Avenida das Itaúbas, na baixada próxima à reserva R-2, Avenida André Maggi próximo a Rua dos Papagaios, Avenida dos Ingás, próximo à rua dos Cajueiros. Em todos os casos, ambos os sentidos das vias vão receber os itens e todos são fiscalização pela placa traseira.

A Prefeitura de Sinop investirá em uma série ações que contemplam a instalação de câmeras, equipamentos fixos e móveis de controle de velocidade, barreiras eletrônicas, registradores de velocidade, avanço semafórico e parada sobre faixa, Central de Inteligência de Controle de Trânsito, sistemas de processamento. Além disso, os dados gerados pelo sistema, números de veículos que passam pelos locais, darão subsídios para estudos de melhorias na estrutura viária e adequações de tráfego. Outro ponto será a instalação de 20 câmeras de alta resolução voltadas ao trânsito e a segurança pública.

Os equipamentos para controle do excesso de velocidade serão instalados com base nas indicações de estudos técnicos de engenharia preliminares. Só no primeiro semestre deste ano, mais de 1,1 mil acidentes foram registrados no município; 21 pessoas morreram em ocorrências tanto nas vias municipais (como ruas e avenidas) quanto nas rodovias dentro dos limites da cidade. No quesito taxa de mortalidade para cada 100 mil habitantes, foram 54,81 óbitos no ano de 2018, número mais alta desde 2010, quando a STU começou a realizar a mensuração.

As informações geradas serão de grande valia para a segurança e o planejamento do tráfego na cidade.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei